Aumentam casos extraconjugais e traições: è por tédio ou para o prazer da transgressão?

Estudos sociológicos e estatísticos recentes apontam para um aumento significativo em aventuras extraconjugais e contínuas infidelidades entre marido e mulher, um dado que é confirmado por dois entre os maiores portais de encontros extraconjugais no Brasil, Ashley Madison e Safadinhas.org, que nos últimos 12 meses registraram um significativo aumento de visitas e inscrições. Neste post vamos tentar analisar as razões que levam tantos brasileiros a trair o/a companheiro/a, ou seja tentar de responder à pergunta: é o tédio a principal razão para as traições e casos extraconjugais? Ou, ao contrário, é o prazer da transgressão que leva os casais a enganar um ao outro para ter encontros sexuais fora da relação conjugal?

20130718_c1_il-sesso-meglio-se-fatto-in-cucina

Em nossa opinião, achamos que o tédio pode ser a principal razão que leva a ter um caso, porque há homens e mulheres que não encontram excitação sexual e atração com seus parceiros habituais e buscam aventuras sexuais extraconjugais para desfrutar de excitação e prazer sexual.

Outros casais em vez de ir além e apesar de ter uma estável, saudável, prazerosa e excitante vida sexual com seu cônjuge, acham insuficiente o prazer sexual que o parceiro lhe consegue proporcionar, ou tem mesmo vontade, o desejo de transar com vários parceiros e, portanto, procuram casos extraconjugais, ficando com mais tesão ainda exatamente pelo risco de serem descobertos. Por estas pessoas o prazer do encontro sexual aumenta acentuadamente porque estão fazendo algo de proibido, algo que muitos consideram uma prática antiética ou imoral, mas que exatamente por isso dá mais prazer.

6a0168eadf8a9f970c017d4270c0c5970c

Cada pessoa é um mundo em si mesmo, todo casamento tem suas situações pessoais específicas e, portanto, é difícil chegar a uma única conclusão sobre esta questão complexa.

Se podemos dizer aos nossos leitores que também em outras atividades que geram adrenalina, risco e emoção caminham lado a lado das práticas mais controversas e até mesmo cruzam o limam da legalidade. Aqui, desfrutar de uma aventura sexual fora do relacionamento marital pode levar homens e mulheres a transgredir as regras estabelecidas pela obtenção de um prazer sexual mais intensas, que aumenta porque proibido.